Seja membro de nossa comunidade!

Cadastre seu melhor e-mail e receba nosso melhor conteúdo.

Como escrever um artigo acadêmico excelente (e rápido!)

Como escrever um artigo acadêmico excelente (e rápido!)

Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Publique ou pereça. Escrever um artigo acadêmico é fundamental para o sucesso acadêmico.

O mantra acadêmico da década de 1980 exigia que os acadêmicos publicassem suas pesquisas em um jornal de boa reputação. Sem isso, seria impossível prosperar em uma carreira acadêmica. O sistema de publicação era extremamente rígido. Muitos estudiosos passavam a vida inteira escrevendo artigos sem nunca vê-los publicados.

Hoje, as coisas ficaram ainda mais difíceis. O mantra contemporâneo evoluiu para “publique ou pereça rápido”. Ainda existem obstáculos, mas são um pouco diferentes. A pressão vem de dentro da academia para que os alunos e professores escrevam e publiquem rapidamente seus textos. E a qualidade precisa ser excelente!

Como resultado, você precisa escrever artigos rapidamente para ter sucesso como acadêmico. Mas aprender como escrever um artigo acadêmico não é uma tarefa tão complicada! Neste post, vou discutir o porquê e o que você pode fazer para escrever ótimos artigos o mais rápido possível.

Selecione o tema do seu artigo

A primeira dica é selecionar o tema do seu trabalho. Isso o ajudará a escrever um excelente artigo com mais rapidez, pois não apenas o ajudará a se concentrar ao escrever, mas também ao pesquisar.

Contudo, seja preciso ao escolher o tema do seu trabalho. Você precisa ter uma ideia muito clara de onde exatamente deseja focar sua pesquisa. Isso o ajudará a alinhar as fontes que serão mais úteis. O tópico que você escolher também o ajudará a restringir suas fontes e fornecerá um esboço de como seu artigo deve ser estruturado.

Para escolher um assunto focado, responda às seguintes perguntas:

Qual é a ideia principal do seu artigo? Você pode ser mais específico?

Qual é a sua reivindicação? Declare claramente o objetivo do seu trabalho.

Como o assunto se relaciona com problemas concretos? Eles estão localizados no tempo e no espaço?

Qual é a questão mais importante neste tópico específico?

Quais são as possíveis áreas de pesquisa? Qual seria o mais interessante?

Delineie a estrutura antes de começar a escrever seu artigo acadêmico

Depois de definir o assunto do seu artigo, você deve organizar a estrutura do seu artigo. 

Quando você tiver uma ideia clara dos tópicos que seu artigo abordará, seu texto fluirá de maneira mais fácil e rápida. Antes de escrever seu artigo acadêmico , portanto, concentre-se em definir uma boa estrutura!

Você saberá quais problemas cada seção discutirá e como eles se relacionam entre si. Quando tiver ideias de quais seções seu texto deve ter, faça um brainstorming. Escreva uma lista de seções potenciais para o artigo. Pense nos pontos que você deve cobrir para apoiar sua reivindicação. 

O que o leitor precisa saber para entender todo o seu argumento? Por exemplo, você pode optar por incluir uma seção sobre a história de seu tópico. Mas por que você faria isso? O leitor precisa saber um pouco da história do seu tópico para entender o seu argumento? 

Lembre-se de que a estrutura das seções deve apresentar uma lógica clara. O leitor deve ser capaz de ler o texto e entender como uma seção leva à outra. No final, cada seção deve apoiar sua conclusão – a tese principal de seu texto. 

A transição de um parágrafo para outro deve ser clara e lógica. Alguns escritores têm o hábito de inserir algumas frases entre os parágrafos. Este é um erro grave. Isso perturba a estrutura do seu texto e pode levar a uma percepção confusa do material. 

Quais seções um artigo acadêmico deve ter?

Idealmente, um artigo acadêmico deve ter uma introdução, seções de desenvolvimento e uma conclusão.

A introdução

A introdução do seu artigo apresenta o escopo da pesquisa, destaca a relevância do tema e retrata as principais questões consideradas no artigo. Ela deve ser escrita com a maior clareza possível. Deve também deixar claro ao leitor se o artigo apresenta pesquisas originais ou é uma revisão de pesquisas anteriores na área.

Outro aspecto importante da introdução é sua organização. Deve começar com uma declaração clara do tema a ser investigado, seguido por uma visão geral dos estudos anteriores. Deve fornecer também informações básicas suficientes sobre a área de estudo. Apresente a questão colocada e seu escopo, para que o leitor compreenda porque o autor decidiu escrever o artigo.

A parte final da introdução deve conectá-la com as seções seguintes, apresentando toda a estrutura do artigo. Essa maneira de escrever sua introdução aumentará a coesão de todo o artigo e mostrará como uma seção leva à outra em uma seqüência lógica.

A última frase da introdução não é apenas uma conclusão da seção anterior. É também um lugar onde você pode fazer uma promessa sobre o que seu leitor pode esperar do material. 

As seções de desenvolvimento do texto

As seções de desenvolvimento são as principais partes do artigo. Elas explicam o assunto com mais detalhes e devem ser estruturadas em torno do problema de pesquisa. Afinal, esse é o objetivo de todo o trabalho. Portanto, organize-as de maneira lógica e fluida antes mesmo de começar a escrever o primeiro rascunho de seu artigo acadêmico.

Como os artigos acadêmicos estão sujeitos a um limite estrito de páginas, você não deve redigir mais do que três seções de desenvolvimento. A primeira dessas seções deve apresentar uma revisão da literatura. Seu leitor deve compreender como os assuntos discutidos em seu artigo se relacionam com a tradição de pesquisa na área. 

Não se preocupe em escrever uma análise abrangente de tudo o que foi publicado sobre o assunto. Concentre-se em explorar as principais referências e as pesquisas que serão discutidas posteriormente nas outras seções. 

Esta seção também deve apresentar os principais conceitos utilizados ​​posteriormente. Apresente e explique as premissas e noções teóricas mais relevantes nesta seção e, mais tarde, você estará livre para apenas desenvolver seu argumento. 

Do ponto de vista do seu leitor, esta seção terá um propósito educacional. 

Ao explicar os conceitos importantes, você esclarecerá ao seu público os recursos conceituais sobre os quais construirá suas afirmações. 

A segunda seção do desenvolvimento deve ser dedicada ao tópico sob investigação. Apresente o assunto, enfatizando o problema que deseja resolver. De agora em diante, seu argumento será baseado neste problema. 

A terceira seção do corpo apresenta sua solução para o problema e suas implicações. Se sua solução for bem-sucedida, apresente seus efeitos positivos. É aqui que você deve delinear os benefícios que resultam de suas propostas, bem como os potenciais problemas que podem derivar delas.

A conclusão

A conclusão reafirma a tese e responde às questões colocadas no artigo. Nesta seção, você deve definir quaisquer limitações ou advertências a respeito de suas ponderações, bem como discutir o que aprendeu com a pesquisa.

Além disso, mencione eventuais deficiências da pesquisa. E não deixe de enfatizar o que deve ser feito para melhorar a condução de eventuais pesquisas futuras.

Resuma o desenvolvimento de seu argumento em um ou dois parágrafos da conclusão.

O último parágrafo, por sua vez, deve destacar suas principais conclusões em uma ou duas frases. Aqui você também pode mencionar quaisquer locais futuros de pesquisa na área.

Estratégias para tornar seu processo de pesquisa mais rápido

Para escrever um artigo de excelência com rapidez, é fundamental organizar seu processo de pesquisa de forma metódica. Como escrever um artigo acadêmico deriva de um trabalho de pesquisa, é necessário ter um bom sistema a seu favor.

Aqui, vou apresentar a você 3 estratégias relevantes para melhorar a velocidade da pesquisa:

Use o Google Scholar para encontrar pesquisas relevantes e atualizadas

Google Scholar é um mecanismo de busca de literatura acadêmica.

É uma ferramenta gratuita que permite a seus usuários pesquisar literatura acadêmica. Sendo uma base abrangente, possibilita a pesquisa em todos os tipos de disciplinas. Ele também é usado para encontrar artigos de periódicos e e-books online. Contém um banco de dados bastante completo. Assim, os usuários podem pesquisar artigos em vários campos de pesquisa acadêmica.

É uma ferramenta melhor que o Google para esse propósito. O mecanismo de pesquisa regular que todos utilizamos exibe resultados de qualquer site da Internet. Em consequência, podemos encontrar bons textos e bastante porcaria. Já os resultados do Google Scholar são obtidos (quase) exclusivamente de periódicos acadêmicos. Assegura-se, assim, a qualidade de sua pesquisa.

Conduza uma busca pelo assunto proposto a fim de encontrar os artigos, teses e dissertações mais relevantes (e citados) na área. A  barra lateral do site permite que você especifique o nome da revista, o título do artigo e o intervalo de datas.

Ao pesquisar um novo assunto, geralmente especifico um intervalo de datas nos últimos cinco anos. Assim, posso encontrar artigos recentes e outros tipos de textos acadêmicos.

Leia dissertações e teses de doutorado

Você deve ler teses e dissertações recentes sobre o tema. Assim, é possível entender como o tópico do artigo está sendo discutido recentemente. Isso garante que seu texto será relevante e atual. Na hora de escrever seu artigo acadêmico, você perceberá o quanto a leitura desse material agregará valor a seu próprio texto.

Mas não se preocupe apenas com o conteúdo das teses e dissertações. Observe como os argumentos são desenvolvidos pelos pesquisadores. E anote as referências citadas no texto. Nelas, você encontrará muitas referências novas para pesquisa futura.

Além disso, teses e dissertações são fontes oficiais. Citar esses textos ao escrever seu artigo acadêmico será muito apreciado pela comunidade acadêmica. Sua pesquisa será considerada atualizada, pois cita trabalhos conduzidos recentemente sobre o tema.

Use um aplicativo de gerenciamento de referências. Desde o primeiro dia!

Você ainda digita suas citações manualmente no Word? 

Seu dinossauro!

Você economizará muito tempo se usar um aplicativo de gerenciamento de referência para suas citações. Este é mais um software do que uma ferramenta simples e você pode integrá-lo facilmente com o pacote Office. 

Verifique os benefícios de usar um aplicativo de gerenciamento de referência:

  • Organize suas referências em um banco de dados único e especializado;
  • Pesquise fontes com base em referências de artigos e livros que você já tem em sua biblioteca online
  • Cite seus artigos em MS Word
  • Leia artigos e livros no seu dispositivo preferido (tablet, smartphone ou computador);
  • Destaque as frases e parágrafos mais importantes para referência ou revisão posterior;
  • Identifique sua literatura e organize os artigos de acordo com as palavras-chave que você escolher.

Existem muitas opções no mercado. Hoje em dia, adoro dois aplicativos – Mendeley e ReadCube Papers. A primeira opção é gratuita para um determinado tamanho de biblioteca e pago cerca de US $ 40 pelo uso de Papers (assinatura de um ano).

Eles me ajudam na busca de artigos (título, nome do autor ou título do artigo) com base nas referências que constam de toda a base. Além disso, me possibilitam organizar tudo de acordo com meu projeto. 

Outras opções são as seguintes:

  • Citavi: um software um pouco diferente, que também oferece um sistema de gestão acadêmica completo. Você pode organizar seu artigo como um projeto e estruturá-lo com base em conhecimentos extraídos da sua biblioteca. À medida que vai lendo os textos, você já pode escrever comentários e parafrasear o conteúdo lido. Pode, também, atribuir quais comentários e paráfrases serão incluídos em cada seção do seu rascunho. Embora exiba muitas funções, o Citavi é um pouco complexo para uma pessoa comum. Com alguma boa vontade, você será capaz de fazer muito trabalho neste aplicativo. Apenas para Windows.
  • Endnote: A opção mais cara, Endnote oferece basicamente as mesmas funções do Mendeley, Papers e Zotero. Você pode organizar sua literatura e citá-la enquanto escreve com um plugin do MS Word. Pode, também, encontrar mais artigos. A principal função exclusiva do Endnote é o Manuscript Matcher. Essa funcionalidade auxilia na busca por uma revista para publicar seu texto. Com base em palavras-chave, resumo e título do artigo, o Manuscript Matcher encontra periódicos respeitáveis ​​e relevantes.
  • Zotero: gratuito, o Zotero foi projetado para coletar, organizar e pesquisar materiais de referência. Particularmente, considero-o muito parecido com o de Mendeley. Se você quiser uma opção gratuita antes de experimentar os pagos, eu daria uma chance a ele.

É importante utilizar um aplicativo de gerenciamento de referência desde o primeiro dia de pesquisa. Ao fazer isso, será mais fácil encontrar informações e, posteriormente, lembrar o que você leu.

Além disso, sua biblioteca online estará organizada desde o início de sua busca. Isso o ajudará a desenvolver o hábito de adicionar seus artigos a ela e a preencher os detalhes de cada referência à medida que os encontra.

Não deixe de verificar os detalhes desde o início da pesquisa!

Confie em mim. É muito mais fácil verificar os detalhes da referência desde o início do que fazer isso apenas mais tarde. Após algumas semanas de pesquisa,  você terá dezenas de documentos em seu aplicativo. Portanto, verifique se o título do artigo, autores, periódico, volume, edição, data de publicação e páginas estão corretos.

Hoje em dia, a maioria dos artigos já vem com muitos dados disponíveis para serem lidos por esses aplicativos. Contudo,  às vezes é preciso verificar a exatidão das informações. Na minha experiência, os aplicativos são realmente bons em extrair informações de PDFs de trabalhos acadêmicos. No entanto, o mesmo não acontece com os PDFs de livros. Detalhes importantes como editora, editora, local de publicação e data geralmente não são extraídos.

Em suma, espero que este post tenha ajudado você a escrever um artigo acadêmico mais rapidamente.

Se você tem uma recomendação a acrescentar, me avise nos comentários abaixo! 

Acompanhe por e-mail

Inscreva-se e receba em seu e-mail dicas e estratégias para desenvolver seu potencial acadêmico e realizar seus objetivos.

Confira também!

Rolar para cima